FALTA DE CORREÇÃO NA TABELA DO IR AUMENTA IMPOSTO PAGO PELO TRABALHADOR

[1] Já faz muito tempo, sabe-se que há um grande problema na carga tributária do país, principalmente com relação ao Imposto de Renda – IR.

O Brasil tem uma carga tributária das mais desiguais do planeta. Pois são os setores mais pobres da população, principalmente os trabalhadores [2], que em proporção a sua renda pagam mais impostos.

Assim a carga tributária ao invés de ser progressiva – onde os que têm a maior renda pagam, proporcionalmente, mais impostos, os impostos são regressivos, ou seja, quem ganha menos paga mais impostos, em relação a sua renda.

Inúmeros Estudos comprovam essa situação, inclusive da própria Receita Federal.

Leia Mais

O Superávit Primário e as Consequências para os Trabalhadores

O governo federal, não conseguirá atingir a meta de R$ 116 bilhões de superávit primário em 2014.

O superávit é o saldo do orçamento, despesas menos receitas, antes do pagamento dos juros e amortização da dívida.

Basicamente, em 2014 a meta não será atingida, em função dos R$ 75,9 Bilhões de desonerações fiscais concedidas pelo governo aos grandes empresários, até o mês de setembro.

Segundo o portal G1: “A meta de superávit primário do governo para este ano é de R$ 116,07 bilhões. Pela regra em vigor, que o governo tenta mudar no Legislativo, o abatimento máximo previsto em gastos do PAC e em desonerações é de R$ 67 bilhões. Com isso, o esforço fiscal não pode ficar abaixo de R$ 49,07 bilhões”.

Leia Mais

FALTA DE CORREÇÃO NA TABELA DO IR AUMENTA IMPOSTO PAGO PELO TRABALHADOR

[1] Já faz muito tempo, sabe-se que há um grande problema na carga tributária do país, principalmente com relação ao Imposto de Renda – IR.

O Brasil possui uma dos maiores índice de desigualdade social do mundo, também têm uma carga tributária das mais desiguais do planeta.

Ou seja, são os setores mais pobres da população, principalmente os trabalhadores[2], que em proporção a sua renda pagam mais impostos.

Assim a carga tributária ao invés de ser progressiva – onde os que têm a maior renda pagam, proporcionalmente, mais impostos, os impostos são regressivos, ou seja, quem ganha menos paga mais impostos, em relação a sua renda.

Inúmeros Estudos comprovam essa situação, inclusive da própria Receita Federal.

Leia Mais

QUAL A PRIORIDADE? COPA – LUCRO DA FIFA E DOS EMPRESÁRIOS OU EDUCAÇÃO E SAÚDE

O Portal da transparência do governo federal informa que estão previstos R$ 26,6 bilhões para gastos com a Copa do Mundo de 2014.

Esse montante poderá crescer, segundo o próprio governo, para até R$ 33 bilhões.

Nas manifestações que se iniciaram em junho, a partir da reivindicação de redução das tarifas de transporte coletivo, os protestos contra os gastos com a COPA tiveram grande destaque, até porque no mesmo período estava sendo realizada a COPA DAS CONFEDERAÇÕES.

Assim penso que é necessária uma discussão mais profunda sobre o assunto. E este texto pretende trazer uma contribuição a respeito.

Leia Mais

Atrasados de Até 2.504,67

Até Março pelo não pagamento do aumento GAJ

Atrasados de Até 2.504,67

Conforme pode ser visto abaixo, os valores acumulados de atrasados chegam a R$ 2.504,67, para o Analista em final de carreira, e, em R$ 1.526,57, para o Técnico Judiciário também em final de carreira.

Os valores acima e os da tabela com todos os padrões, que está mais abaixo, consideram apenas a diferença relativa aos três meses, janeiro, fevereiro e março.

Não estão incluídas nesses montantes, as eventuais diferenças em função do recebimento do terço de férias, adiantamento do 13º salário, horas extras e outros.

Leia Mais
Página 2 de 212